Saiba mais sobre o turismo religioso em Fortaleza, no Ceará

Publicidade

Saiba mais sobre o turismo religioso em Fortaleza – Conhecer o roteiro religioso de Fortaleza é o primeiro passo para ter um momento de oração compartilhada em um local tão lindo quanto a Catedral de Fortaleza. E não só da catedral, mas das outras paróquias também.

É surpreendente a quantidade de igrejas é possível encontrar no Ceará. Especialmente na cidade de Fortaleza.

Publicidade

A Arquidiocese é um lugar repleto de histórias, assim como a Catedral. Você sabia que a diocese, que mais tarde veio a se tornar arquidiocese, surgiu devido ao um decreto do então imperador do Brasil Dom Pedro II? O Papa Pio IX também participou desse marco.

Aliás, sabia que o altar-mor da Catedral Metropolitana veio de Veneza, Itália? Sim! Além disso, o imenso local demorou anos a terminar de ser construído. 

Uma grande comparação dessa demora á a diferença de 16 anos entre a inauguração da cripta e a Catedral. Surpreendente, não?

O fato é que, o que era apenas uma diocese não demorou muito a virar uma arquidiocese. Hoje ela é responsável por inúmeras igrejas e paróquias do estado. A grande maioria se encontra na capital, Fortaleza.

Saiba mais sobre a história da arquidiocese, bem como a da catedral ao continuar a leitura. Venha, vai ser interessante! E não se preocupe, você também saberá do horário de missas de Fortaleza.

Saiba mais sobre o turismo religioso
Saiba mais sobre o turismo religioso

Qual é a importância de ir à missa?

Antes de ser falado sobre a arquidiocese, a catedral, o turismo religioso em Fortaleza, entre outros, você precisa estar consciente da importância de ir à missa. Afinal, no momento em que você frequenta a igreja, você renova o seu compromisso com Deus.

Ao ser batizado, seus pais apresentam você a Deus como um cristão. Esse compromisso deve ser firmado, como um namoro deve ser renovado para não acabar.

Além disso, ao fazer o sinal da cruz com a água benta, você está se protegendo de todo o mal que pode lhe atingir. Seus caminhos serão mais iluminados quando você se conectar a Deus de forma mais frequente.

Vale frisar que ir à missa é muito importante. Especialmente aos domingos. Lembre-se da dita roupa de ir à missa que era usada somente aos domingos pelos seus avós. Esse hábito foi sendo perdido conforme a modernidade veio chegando.

Conheça agora a história da Arquidiocese e de como as pessoas de Fortaleza foram conectadas com Deus.

História da Arquidiocese

A arquidiocese de Fortaleza foi primeiramente a diocese do Ceará. A diocese do Ceará surgiu no ano de 1853 a partir de um decreto vindo do Imperador Dom Pedro II. Em 1854 o Papa Pio IX tornou a Diocese oficial dentre a Igreja.

Um fato interessante é que na época a diocese cuidava de 34 paróquias e um curato. Além disso, já contava com mais de 650 mil habitantes que, em sua grande maioria eram católicos. Saiba mais sobre o turismo religioso no ceara e visite cada cidade onde tem romaria.

O primeiro Bispo da Diocese foi o Dom Luís Antônio dos Santos. Em 1915 a diocese foi elevada a arquidiocese porque foram criadas as dioceses de Crato e Sobral.

A partir desse momento foram criadas outras dioceses, que passaram a ser controladas pela arquidiocese de Fortaleza. Sem dúvida, o crescimento foi muito rápido.

Tamanho foi esse crescimento que em 1980 o Papa João Paulo II visitou o estado do Ceará. Nessa visita, ele realizou o X Congresso Eucarístico Nacional no estádio do Castelão. Como lembrança, alguns objetos daquele dia estão expostos na Catedral.

A divisão das paróquias da Arquidiocese foi crescendo, como dito anteriormente. Hoje ela é responsável por várias. Veja uma amostra da quantidade de Paróquias que fazem parte da arquidiocese. Não há desculpas de falta de horário de missa em Fortaleza.

História da Catedral Metropolitana de Fortaleza

Esse monumento histórico foi inaugurado no ano de 1978. A Catedral tem um estilo gótico romano, também pode ser chamado de gótico moderado, que encanta a todos. O lugar atualmente tem a capacidade para 5 mil pessoas.

Ela foi construída para tomar o lugar da Catedral da Santa Sé, que foi inaugurada em 1854, mas teve que ser demolida no dia 11 de setembro de 1938. Isso foi devido ao fato de que a construção apresentava danos irreversíveis.

O fato interessante é que o local apresenta diversas influências. O altar-mor, por exemplo, foi trazido de Verona, Itália. Ele foi presente de um amigo do então arcebispo de Fortaleza, Dom Delgado.

A Catedral não poderia quebrar a tradição das outras catedrais. Por isso, ela possui uma cripta. No entanto, antes que você pense que se trata de algo triste, não se preocupe. A Catedral de Fortaleza inovou ao consagrar o espaço à juventude.

turismo religioso
turismo religioso

Saiba mais sobre o turismo religioso

Cripta dos adolescentes

A cripta, chamada de cripta dos adolescentes pelo arcebispo da época D. Antônio de Almeida Lustosa foi uma forma de homenagear os santos que morreram jovens. Sendo eles o São Tarcíso, o São Domingos Sávio, o São Pancrácio, a Santa Luzia, a Santa Inês e a Santa Maria Goretti.

Outro detalhe da cripta da catedral é a imagem do Jesus Cristo na cruz. Ao invés de ela representar um homem de 30 e poucos anos, ela é feita com um Jesus em sua adolescência.

O local é impressionante. Em 2011 foi reinaugurado depois de passar por uma reforma que durou mais de um ano para ser concluída. Nessa reforma foi colocado o piso de granito, o sistema de ar condicionado, uma nova iluminação, além de, é claro, a conclusão do altar.

O tamanho da cripta dos adolescentes é impressionante. Atualmente o seu limite de acomodação são de 350 pessoas sentadas. Surpreendente, não? Sem dúvida, um ótimo lugar para reunir jovens que buscam Deus.

Além disso, a cripta foi inaugurada antes da Catedral, de fato. A diferença de inauguração entre elas são de 16 anos. Sendo assim, enquanto a cripta foi inaugurada em 1962, a Catedral foi inaugurada em 1978.

Horário de missa em Fortaleza

Paróquia São José

A Paróquia de São José, que é uma das capelas da Catedral Metropolitana, é um daqueles lugares que você fica divagando sobre o passado. A construção levou quase 40 anos para ser finalizada. 

No entanto, esse fato não é de se surpreender. Afinal, os detalhes são muitos daquela construção com o estilo gótico. 

A sua construção imponente conta a história não só da igreja, mas também do estado do Ceará. Ali também acontecem eventos importantes, como a celebração do padroeiro da cidade, o São José.

Aliás, como sugere o nome, o São José também é padroeiro da paróquia. Por isso, no dia 19 de março a festa é imensa. Sem falar que mobiliza toda a cidade. Sem dúvida, é lindo de ver!

Na Paróquia São José, Catedral Metropolitana de Fortaleza o horário de missa é o seguinte:

  •   De terça a sexta-feira às 12 horas.
  •   Sábado às 12 horas
  •  Domingo às 10 horas, às 12 horas, às 18h30min e às 20 horas.

Igreja São Pedro

Embora pequena, a igreja de São Pedro é muito adorada entre os moradores da cidade. Isso porque ela marca a resistência que os pescadores tinham a aquele lugar. Além de, é claro, demonstrar a devoção a Santa.

Sim, você não entendeu errado, é santa mesmo. Apesar de a igreja levar o nome de São Pedro, sua história se iniciou devido a Nossa Senhora da Saúde.

Aliás, foi por essa santa que as igrejas começaram a serem construídas em Fortaleza. Acontece que, durante o século XIX a capital sofreu com a peste bubônica. O desespero era tanto, especialmente no bairro Mucuripe.

Então, quando uma mulher veio do Rio de Janeiro com uma imagem da Nossa Senhora da Saúde os moradores dali fazem uma promessa. Se a peste terminasse, a Santa receberia uma capela em homenagem a ela.

Foi assim que a segunda igreja de Nossa Senhora da Saúde, que após isso foi chamada de São Pedro, surgiu. A pedra fundamental da capela foi instalada em 1852, de acordo com a história.

Conhecer essa igreja é conhecer uma parte da história do estado. Não hesite em visitá-la. O horário da missa na Igreja de São Pedro em Fortaleza é aos domingos, as 8h e as 17h. 

Seminário da Prainha

Saiba mais sobre o turismo religioso

A história dessa igreja é muito interessante. Especialmente porque não se trata apenas de uma igreja, mas sim de um complexo que abriga a igreja e um seminário.

A igreja Nossa Senhora da Conceição da Prainha começou a ser construída no ano de 1839. Mais precisamente no dia 8 de dezembro de 1839.

Exatos dois anos após o início a construção, no dia 8 de dezembro de 1841, foi realizada a primeira missa. Foi apenas em 1864 que surgiu o seminário.

Muito embora as construções tenham sido terminadas ainda no século XIX, somente no século XX, no ano de 1922 os sinos da igreja foram benzidos. Aliás, esse março aconteceu por conta do centenário da independência da república.

As atividades do Seminário Arquiepiscopal da Prainha foram encerradas no dia 7 de abril de 1967. Entretanto, poucos anos depois, em 1973, ele foi reaberto. No entanto, recebeu o nome de Seminário Regional.

Aliás, o dia 19 de março de 1973 não marca apenas a reabertura do seminário. Outro fato importante foi a inauguração da Faculdade de Filosofia de Fortaleza.

Para conhecer essa construção histórica, vale a pena ir na missa do Seminário da Prainha que é realizada:

·         De segunda-feira a sábado às 17h30min

·         Domingo às 7 horas e às 17h30min

Igreja do Rosário

A história dessa igreja se inicia no ano de 1730. A Igreja Nossa Senhora do Rosário foi construída pela comunidade negra. Além disso, sua primeira construção foi feita com taipas.

Apenas em 1755 ela foi refeita com pedras e cal. Saiba mais sobre o turismo religioso A partir daí, precisou de várias reformas em razão do tempo e também de alguns acontecimentos que marcam a história do local.

Uma das reformas foi causada pela revolta do governo em 1822. Naquele ano, uma bala de canhão atingiu a porta principal, causando danos ao altar de Nossa Senhora das Dores, bem como o púlpito e uma parede. 

Essa igreja também foi a matriz de Fortaleza de 1821 a 1854. Sem dúvida, marcou a história da capital do estado do Ceará.

Na igreja do Rosário:

·         De segunda a sexta-feira às 7 horas.

·         A partir das 8 horas acontece a Adoração ao Sacramento

Horário de confissões e Saiba mais sobre o turismo religioso

Se você quiser se confessar, saiba que os horários de confissões são esses:

Na Catedral Metropolitana

·         De terça a sexta-feira: das 10h30min às 11h50min e das 15h30min às 16h50min

Na Igreja do Rosário

·         De segunda a sexta-feira das 8 horas às 10 horas

Caminhada com Maria

Além de conhecer o horário de missa em Fortaleza, é interessante saber sobre eventos especiais, como a Caminhada com Maria. Desde 2003 esse evento acontece para reunir dos devotos da Nossa Senhora da Assunção.

A procissão acontece todos os anos, saindo do Santuário de Nossa Senhora da Assunção e vai até a Catedral Metropolitana. No caminho, várias pessoas vão se juntando a multidão para chegar ao destino.

Lá na catedral a imagem da santa é coroada em um lindo evento. Aliás, a procissão em si já é linda. Afinal, o caminho de 12,5 quilômetros é tomado por diversas manifestações de fé na casa dos devotos, seja com ornamentos, vestes ou símbolos religiosos.

Um misto de missa e cultura – Saiba mais sobre o turismo religioso

Frequentar uma igreja faz com que você se sinta mais conectado ao senhor. Como se isso não bastasse, ainda tem o fato de que é possível aprender com o que a história de cada igreja.

A Catedral Metropolitana de Fortaleza é apenas uma entre várias que, além da casa do senhor, também virou ponto turístico. As pessoas adoram ver como estão construídas as colunas, o altar-mor, a cripta, entre outros. Aprenda e Saiba mais sobre o turismo religioso em cada estado e seu conhecimento ficara rico.

No entanto, é importante que as pessoas se conscientizem que o ensinamento mais importante é o que aprendemos com a igreja. São esses aprendizados que fazem com que nos tornemos pessoas melhores a cada dia.

Não é difícil encontrar uma igreja perto de você. Visite-a e veja o quanto você se sente bem. Torne isso um hábito. Aliás, faça com que ir à missa aos domingos seja um hábito também. Lembre-se que o que torna o domingo um dia cristão é a igreja.

Procure o turismo religioso em Fortaleza ou em sua cidade. Veja qual se encaixa melhor com a sua rotina e vá renovar a sua fé e seu compromisso com Deus. Isso fará bem a sua alma. Afinal, paz de espírito é fundamental.

Veja também!

O que fazer em Belo Horizonte, capital de Minas Gerais
O que fazer em Salvador, na Bahia
Rio de Janeiro: dicas de onde ficar, onde comer e o que fazer
Saiba mais sobre o turismo religioso em Fortaleza, no Ceará




Publicidade

Deixe um comentário